in

Líderes evangélicos convocam fiéis para ato de 7 de setembro

Pastores convocam evangélicos para a manifestações de 7 de setembro - Foto: Reprodução

A manifestação que está sendo organizada para o próximo 7 de setembro ganhou força e apoio nos últimos dias. Isso porque, várias lideranças religiosas estão convocando os fiéis para o ato, em defesa, dentre outras coisas, da liberdade religiosa.

Publicidade

Com a intensa repercussão da mobilização para o 7 de Setembro, líderes evangélicos como Claudio Duarte, Silas Malafaia, Renê Terra Nova, Apóstolo Estevam Hernandes, Samuel Câmara, Apóstolo César Augusto, Magno Malta, Jorge Linhares, entre outros, têm convocado seus seguidores e fiéis para a manifestação.

Sendo assim, o ato, que está sendo organizado por conservadores e apoiadores do Presidente Jair Bolsonaro, ganha força e promete ser uma das maiores já realizadas no Brasil.

Publicidade

OBJETIVOS

Nos últimos meses, conservadores e cristãos têm presenciado uma crescente onda de acusações e processos na Justiça com a intenção de calar e intimidar esses públicos. Diante disso, líderes evangélicos citados nesta matéria alegam que a convocação para o 7 de setembro tem como bandeira: A Defesa da Democracia, da Liberdade de Expressão, Religiosa e de Opinião.

Além disso, a manifestação será uma oportunidade de protestar contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que têm deliberado decisões em desfavor aos conservadores e evangélicos, bem como aos apoiadores de Bolsonaro.

Nas últimas semanas, jornalistas cristãos e intelectuais conservadores se tornaram investigados e/ou tiveram seus dados fiscais quebrados por emitirem opiniões contrárias a grupos de esquerdas e integrantes do STF. Além disso, o STF tem mandado censurar canais no YouTube, perfis em redes sociais de pessoas conservadoras, e até mesmo prendendo deputados federais.

CONVOCAÇÃO

Na última semana, o pastor Claudio Duarte, convocou os evangélicos para participar da manifestação que vai ocorrer no dia 7 de setembro. Segundo ele, o Brasil está à beira de uma guerra civil e de uma revolução.

Publicidade

“Não dá mais, eu prefiro que meu neto olhe pra mim, ou pro meu nome, daqui uns anos, e diga ‘vovô levantou uma bandeira, lutou por ela, morreu por ela, não foi covarde, não foi covarde’, do que calar minha boca”, disse o religioso pedindo que os fiéis divulguem a manifestação de 7 de setembro.

O pastor Silas Malafaia, da ADVEC, também convocou os evangélicos para a grande manifestação de 07 de setembro.

“Isso aqui não vai virar uma Argentina e nenhuma Venezuela. Vamos exercer a nossa cidadania. Tenho certeza que essa gente má vai cair. E não vai ter senadores e deputados que vai aguentar a pressão do povo brasileiro. O povo brasileiro é o supremo poder. E Deus é o supremo juiz”, afirmou o líder da ADVEC.

Um vídeo, que está sendo compartilhado nas redes sociais mostra alguns dos líderes evangélicos convocando os fiéis para o 7 de setembro. Assista abaixo:

RECEBA NOTÍCIAS DIRETAMENTE DO WHATSAPP OU TELEGRAM!

Publicidade

Publicidade

Escrito Por

Editor-chefe do Portal do Trono. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência.

Pastora alerta pais sobre brinquedo Cacto Dançante: “Armadilha do inferno”

Morre aos 59 anos Túlio Régis, cofundador da Banda gospel Oficina G3