in

Adolescente de 16 anos desaparece após deixar bilhete para a mãe

Sabrina Cartaxo, de 16 anos, sumiu há 3 dias, após sair para caminhar em Copacabana - Foto: Arquivo Pessoal

Uma adolescente, de 16 anos, está desaparecida depois de sair do apartamento onde vive, em Copacabana, Zona Sul do Rio. A mãe da menina disse que a jovem deixou um bilhete com apenas uma frase.

A especialista em Tecnologia da Informação, Mariana Cartaxo, mãe de Sabrina Freitas Cartaxo, contou que a adolescente não é vista desde segunda-feira (25/10). Segundo Mariana, a filha deixou apenas um bilhete, no apartamento em que moram, que dizia: “Fui caminhar, já volto”.

Desde então, a Polícia Civil tem investigado o paradeiro da menina. “A dor é insuportável. Cada instante, cada momento é uma tortura. Só quero minha filha de volta. Só isso”, afirmou a mãe que junto com outros integrantes da família, procuraram a polícia no mesmo dia do desaparecimento.

“Estou muito angustiada e começando a pensar no pior. Ela nunca tinha feito nada parecido. A minha angústia só aumenta. Assim que vi o bilhete, comecei a ligar para o telefone dela, que estava ligado, mas ela não atendia. Só as mensagens por Whatsapp que não chegavam. Por volta de 11h30, o celular começou a dar desligado”, completou a mãe.

Os pais de Sabrina tiveram acesso ao circuito de vigilância do prédio onde vivem. Nas imagens, é possível ver a jovem carregando uma mochila e deixando o apartamento às 7h50 de terça-feira (26/10). Mais tarde, a mochila foi encontrada vazia na casa do avô, em Realengo, Zona Oeste da cidade. Segundo a mãe da jovem, o avô não estava em casa.

Segundo a mãe, o porteiro do prédio contou que, minutos depois, a jovem voltou, lavou a mão numa pia próxima à portaria, e saiu de novo.
Segundo a família, o celular de Sabrina ainda recebia ligações até essa quarta-feira (27/10), mas Sabrina não atendia. A polícia busca uma autorização judicial para permitir a quebra do sigilo telefônico e, a partir daí, refazer o trajeto feito pela adolescente.

Segundo a família, um motorista de aplicativo entrou em contato dizendo ter levado uma menina muito parecida com Sabrina de Copacabana até Realengo. A mãe confirmou a informação ao Portal G1, e disse que o motorista falou que a corrida foi pedida por um rapaz chamado Pedro – o mesmo nome do namorado de Sabrina.
“O motorista disse só não ter certeza absoluta de que era a Sabrina porque a menina que ele levou usava uma máscara. O namorado dela também não está atendendo o telefone. Além disso, o próprio namorado mora em Realengo. É coincidência demais. Vamos levar essas informações à polícia”, disse a mãe.

Segundo o padrasto da adolescente, Roberto Salviano, ele e Mariana acessaram o notebook de Sabrina e procuraram pistas sobre seu paradeiro na rede social, mas os históricos das conversas, inclusive com o namorado, tinham sido apagados.

“A gente não conhecia o Pedro. Pelo que a gente sabe, eles se conheceram há uns dois meses, mas ela dizia que era um amigo que conheceu através de outros amigos. De uns 15 dias para cá, ela foi ao cinema com ele e nada mais. Nunca disse diretamente que eles eram namorados”, explicou Silviano ao Jornal Extra.

A Delegacia de Descoberta de Paradeiro (DDPA), no Jacarezinho, investiga o desaparecimento da adolescente. E quem tiver informações sobre Sabrina pode entrar em contato com o Disque-Denúncia (21 2253-1177) ou com o Conselho Tutelar (21 2286-8337 e 21 98596-5296).

Escrito Por

Editor-chefe do Portal do Trono. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência.

Chega ao Brasil a plataforma da maior gravadora do mundo

Apresentadora e atriz Karina Bacchi anuncia reality show gospel