in

Adolescente diz estar grávida de pastor preso por jogar bebê em bueiro

O pastor Antônio José Cardoso Cunha, de 36 anos, suspeito de ocultar o cadáver de um recém-nascido de oito meses, agora terá que lidar com outra polêmica. Isso porque, uma adolescente de 16 anos afirma estar grávida dele.

A Polícia Civil do Ceará prendeu, nesta segunda-feira (08/11), Antônio e Jamile Rolim da Silva, de 20 anos. O casal é suspeito de matar um bebê logo após o nascimento e deixar a criança em um bueiro. O caso aconteceu em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo a polícia, o pastor é casado e mantinha um relacionamento com Jamile. O religioso, em um imóvel, morava no 1º andar com sua esposa, e no térreo mantinha uma igreja. Nos fundos da residência, possuía cômodos que abrigavam pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Jamile foi uma dessas pessoas acolhidas pelo pastor e passou a manter um relacionamento com ele. Ela engravidou e para que esposa não soubesse do caso extraconjugal que resultou na gravidez, o homem sugeriu o aborto da criança.

Jamile foi até a residência de um parente, onde tomou um abortivo e deu à luz ao filho, um menino que nasceu vivo. Ela então desferiu golpes com um garfo no pescoço e sufocou o bebê, que foi a óbito. Depois disso, o pastor jogou o corpo do bebê em um bueiro da cidade, segundo investigações.

Após serem acionados com a informação que Jamile deu entrada em um hospital com sinais de aborto, os policiais civis colheram informações acerca da morte do recém-nascido, deram início às investigações e chegaram aos nomes dos suspeitos. A partir dos levantamentos policiais, o corpo foi encontrado e os suspeitos presos em flagrante por ocultação de cadáver.

ADOLESCENTE GRÁVIDA

Passada a prisão e a revolta da comunidade sobre o caso, uma adolescente de 16 anos afirma estar grávida de oito meses do pastor. Ela também vivia em situação de vulnerabilidade social e frequentava o templo religioso mantido por Antônio. A polícia também investiga o caso.

A notícia da morte do bebê logo viralizou na cidade, principalmente no bairro onde o pastor morava. Então, moradores indignados com a situação, resolveram saquear a casa do pastor e atearam fogo no veículo dele.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, é possível ver os moradores retirando cadeiras, caixas de som e outros móveis da casa do pastor. Um veículo modelo kombi que pertence a ele foi incendiado. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e debelou as chamas, porém, o veículo ficou destruído.

Escrito Por

Jornalista do Portal do Trono nascido em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Admirador da Rádio, TV e Internet. Contato: (31) 99583-5239.

Jornalista Cristiana Lôbo, da GloboNews, morre aos 64 anos

Simone Mendes rebate evangélicos após ida na Marcha Para Jesus