in

Carlinhos Maia e prefeito terão que se explicar ao MP sobre ‘convite pra vacina’

O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), e o YouTuber Carlinhos Maia, 29, devem ser intimados, na próxima semana, para se explicarem ao MP-AL (Ministério Público Estadual de Alagoas), sobre o suposto convite que o digital influencer afirmou ter recebido, para ser um dos primeiros moradores de Alagoas a tomar a vacina CoronaVac, imunizante contra o novo coronavírus, causador da covid-19. As informações são do UOL.

Publicidade

O MP-AL informou, logo após a divulgação do suposto convite de Maia, que iria investigar o caso para garantir a lisura na campanha de vacinação contra o novo coronavírus. Hoje, o Diário Oficial do Estado trouxe a publicação do PP (Procedimento Preparatório) instaurado pela 67ª Promotoria de Justiça da Saúde, sobre o caso.

Ainda segundo o MP-AL, após a instauração do PP, o próximo passo é intimar as partes envolvidas, e isso deve ocorrer na próxima semana, pois o promotor de Justiça, Paulo Henrique Prado, da 67ª Promotoria de Justiça da Saúde, está fiscalizando a campanha de vacinação em Maceió. O MP-AL informou que o promotor só vai se pronunciar sobre o caso, por meio de notas divulgadas pela assessoria de imprensa do órgão.

Publicidade

Na última segunda-feira (17), Carlinhos Maia disse nas redes sociais, que recebeu convite do prefeito de Maceió para ser imunizado, mas que não teria aceitado o convite, porque não acharia justo com pessoas que ficaram isoladas durante esse tempo da pandemia do novo coronavírus.

“Me convidaram aqui no meu estado para ser um dos primeiros a tomar a vacina [CoronaVac]. Não acho justo com quem ficou em casa todo esse tempo, não aceitei. Mas, filmarei mesmo assim para incentivar ainda mais a vacinação dentro do público que me segue”, disse Carlinhos Maia no Twitter, ao explicar o vídeo que ele publicou no stories, do Instagram, informando que foi convidado pelo prefeito de Maceió a tomar a vacina, mesmo sem ser do grupo prioritário.

“Lembrando que a ideia era pela divulgação, porque tem gente que ainda tem medo de tomar a vacina. Mas, farei a divulgação mesmo assim. Sobre a vacina, a ideia da campanha era influenciar as pessoas a tomarem”, justificou o YouTuber.

A assessoria de imprensa de Carlinhos Maia, informou ao UOL, na tarde de hoje, que ele “jamais aceitaria uma proposta desta”:

Publicidade

O que houve foi um convite para participar de uma campanha de incentivo ao público para a vacinação, mas apenas convite. Ele vai esperar sua faixa etária para ser vacinado”.

Centenas de internautas comentaram na publicação de Maia, repudiando a informação dele sobre o convite. “Se eu fosse você tinha vergonha de falar que foi convidado para se vacinar na frente de pessoas que estão em isolamento, respeitando as regras e você que fez aglomeração, fazendo festa, onde dizem que 40 pessoas foram contaminadas. Infelizmente, esse é o Brasil que vivemos, mas não queremos”, escreveu Ceição Peixoto. “E na cabeça do Carlinhos de postar isso, pra que? Qual a necessidade? Só pra dizer que recebeu um convite e não aceitou? Desnecessário”, disse Soraya Bruna. “Passou vergonha à toa. Todos os brasileiros estão cientes que os primeiros a se vacinarem serão os da linha de frente (médicos, etc) e pessoas de risco”, escreveu Laell Moraes.

Logo após a afirmação de Maia, o governo de Alagoas e a prefeitura de Penedo (AL), cidade natal do YouTuber, negaram o convite e reforçaram que esta primeira fase da vacinação é exclusiva para o grupo prioritário.

“A Secretaria de Estado da Comunicação informa que as 71 mil doses de vacina que começam a ser aplicadas nesta terça-feira (19) serão destinadas exclusivamente ao grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde”, disse o governo de Alagoas.

O comunicado do governo de Alagoas explica ainda que, a primeira fase da vacinação é destinada ao grupo prioritário formado por profissionais de saúde que atuam na linha de frente, no combate à covid-19, indígenas aldeados, idosos asilados e deficientes residentes em abrigos. “Não procedem as informações de convites feitos a qualquer cidadão fora deste grupo”, informou.

A prefeitura de Penedo disse que segue todos os protocolos de vacinação determinados pelo Ministério da Saúde, para imunizar o grupo prioritário da primeira etapa da campanha. “Não fizemos nenhum convite para pessoas fora deste grupo inicial”, informou a prefeitura de Penedo.

Publicidade

Apesar de ter prometido aos seguidores que iria filmar a vacinação em Maceió, Maia não mostrou nenhuma vacinação por lá. Nos stories do Instagram, publicados por Maia hoje, mostram ele chegando de viagem, sem usar máscara facial, no estacionamento do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, localizado em Rio Largo (AL), na região metropolitana de Maceió. Atualmente, Maia está residindo em um apartamento na beira-mar da praia de Cruz das Almas, na orla de Maceió. Mas, ele mantém uma casa em Penedo (AL) e outra, de veraneio, na Barra de São Miguel (AL).

A reportagem do UOL, entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura de Maceió, na tarde de hoje, mas até a publicação deste texto o prefeito João Henrique Caldas não se pronunciou sobre o assunto.

Na última terça-feira, a prefeitura de Maceió informou que recebeu 12 mil doses da CoronaVac e que as primeiras pessoas a serem imunizadas eram servidores do PAM Salgadinho, unidade de saúde municipal localizada no bairro do Poço.

Publicidade

Escrito Por

Editor-chefe e fundador do Portal do Trono. Advogado, graduado em Direito pela UFCG. Apaixonado por Deus, pela música e pela informação. Um chamado que está sendo atendido, e edificado milhões de vidas no Brasil e no mundo.

Bolsonaro chama Bonner de “cara de pastel” após críticas no Jornal Nacional

Projeto na Câmara quer estender auxílio emergencial de R$ 600 até abril