in

Damares Alves explica o motivo de não sentar na cadeira de ministra: “Ato profético”

Damares Alves - Foto: Reprodução

A Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ministrou uma breve palavra na Igreja Assembleia de Deus do Maranhão, e explicou o porquê que ela não senta na cadeira de ministros dentro do seu ministério.

Damares foi uma das convidadas do culto de Abertura da Escola Bíblica de Obreiros da Igreja Assembleia de Deus do Maranhão, que fica na cidade de São Mateus do Maranhão.

No culto, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (23/9), a ministra do Governo Bolsonaro disse que não senta na cadeira destinada à ela dentro do seu gabinete, segundo Damares, devido a um ato profético que ela fez.

“Eu não sento na cadeira de ministros. Eu só me sento na sala de reuniões. Os irmãos nunca vão me ver sentada naquela cadeira. De um ato profético, de uma forma profética, eu declarei que aquela cadeira não é minha, é d’Ele [Deus]. E é ele que está conduzindo todo aquele ministério. E Ele é o Senhor desta nação”, afirmou ela.

A fala da ministra veio após ela dizer que, caso a Rede Globo quisesse derrubá-la, do Governo, iriam responder dizendo que quem comanda a pasta é Deus

“Eu quero ficar como Ministra, porque quando a Rede Globo perguntar ‘Já derrubando tantos presidentes, tanto deputados, porque a gente não derruba ela?’. Alguém vai dizer para a TV Globo: ‘Olha o tamanho do Deus dela’. Quando as grandes instituições de esquerda disserem ‘A gente já mudou o mundo, já matamos milhões de pessoas no comunismo e a gente não derruba essa mulher, porquê’. Alguém vai dizer ‘Olha o tamanho do Deus dela’”, afirmou a Ministra. Assista abaixo:

Publicidade

Escrito Por

Jornalista do Portal do Trono nascido em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Admirador da Rádio, TV e Internet. Contato: (31) 99583-5239.

Ministro do STF proíbe entrada de missionários em terras indígenas

Romeu Zema veta projeto que impede o funcionamento da Buser em MG