in

Ativista quer derrubar estátuas de Jesus branco por ‘propaganda racista’

Shaun King, ativista norte-americano, publicou em seu Twitter que as estátuas que representam imagens de Jesus Cristo são uma “forma de supremacia branca”, por apresentá-lo com pele branca, olhos claros e cabelo liso, e que por isso devem ser destruídas.

Publicidade

O ativista é um dos responsáveis pela organização Real Justice PAC, e também luta por apoio ao movimento antirracista “Black Lives Matter” (“Vidas Pretas Importam”).

A longo das últimas semanas, algumas esculturas de personagens escravagistas e racistas foram derrubadas ou pichadas por manifestantes nos Estados Unidos e em outros países pelo mundo.

Publicidade

Shaun afirmou que as estátuas de Jesus Cristo branco deveriam ser derrubadas também, porque reforçam o racismo estrutural da sociedade: “estátuas do europeu branco que eles alegam ser Jesus também devem ser derrubadas”, disse.

Pesquisadores já recriaram o rosto de Jesus Cristo, da forma mais fiel possível. Segundo os estudiosos, ele deve ter tido uma pele escura por causa do sol escaldante do Oriente Médio, olhos escuros e cabelo cacheado. Na contramão do “Jesus Europeu”, que é branco, tem olhos azuis e cabelo liso.

“Elas [estátuas brancas de Jesus Cristo] são uma forma de supremacia branca. Sempre foram. Todos os murais e vitrais de Jesus branco, sua mãe europeia e seus amigos brancos também deveriam acabar. Eles são uma forma grosseira de supremacia branca. Criados como ferramentas de opressão. Propaganda racista”, afirmou Shaun.

Publicidade

Publicidade

Escrito Por

Editor-chefe e fundador do Portal do Trono. Advogado, graduado em Direito pela UFCG. Apaixonado por Deus, pela música e pela informação. Um chamado que está sendo atendido, e edificado milhões de vidas no Brasil e no mundo.

Rodolfo Abrantes diz que Chorão foi único amigo que respeitou sua fé evangélica

Brasil é o país com mais pacientes curados da Covid-19 no mundo