in

Evangélica, Sasha evangelizou a mãe, Xuxa Meneghel, em momento de muita dor

A apresentadora Xuxa Meneghel revelou em uma entrevista rara detalhes sobre a fé da filha, Sasha Meneghel.

Publicidade

Em uma conversa com a atriz Nany People, ela abriu o coração.

“Eu fui criada no catolicismo. Minha mãe ia ser freira antes de se casar com meu pai. Fomos todos batizados no catolicismo, mas ela ensinou a respeitar o espiritismo, o evangélico. Tanto é que ela morreu evangélica. Depois ela se converteu. A gente conheceu um pouquinho de cada através da minha mãe (…)”, disse ela que defende o respeito.

Publicidade

Ela contou que sempre teve uma relação próxima e aberta a todas as religiões. A loira conta que a filha hoje é evangélica, mas que oficialmente ela permanece católica.

“Agora, aqui em casa, a Sasha também virou evangélica. Eu continuo no meu catolicismo. Porque eu acredito em Deus. Acho que não tenho que dizer que sou de uma religião. Eu sou de Deus na minha cabeça e acabou. Como eu respeito demais (o espiritismo), não sei quantos livros já li sobre espiritismo. Tem muita coisa no espiritismo em que eu acredito. Tem muita coisa no budismo em que eu acredito. Tem muita coisa no catolicismo que não aceito e tem outras que acho muito legais. Tem pessoas que sigo, o pastor Hermes, que é uma pessoa incrível. E tem outras pessoas que eu gostaria que estivessem na cadeia. Pastores e bispos por aí com que não concordo. Gostaria que, pelo preconceito que essas pessoas têm, que estivesse realmente presas (…) Acho que o melhor disso tudo, mais do que ter uma religião, é ter uma crença, acreditar em Deus e no amor, ter fé nisso.”

Na conversa, ela disse que a sabedoria da filha ajudou no momento difícil que ela viveu.

Em menos de um ano, a loira perdeu um irmão e a mãe, Dona Alda. Ela sofreu com uma doença rara e ficou muito debilitada.

Publicidade

“Perder a minha mãe do jeito que perdi, sem que ela movimentasse um dedo… Parkinson é uma doença muito ruim, porque a cabeça dela funcionava, mas o corpo começou a deixar de funcionar. Eu, por egoísmo, por amar tanto e por não estar preparada, pedia a Deus para que ela ficasse. Até o dia em que o coraçãozinho dela parou de funcionar na minha frente. Foi uma coisa muito difícil. Se eu não tivesse Deus na minha vida… Mesmo assim, depois disso, não que eu tenha dúvida, mas minha fé enfraqueceu. Aí veio minha filha. Foi como começar a botar injeção, soro na veia. Através da Sasha, comecei a resgatar de novo minha relação com Deus, que ficou meio abalada. Perdi meu irmão numa parada cardíaca, depois de um ano, meu pai. E depois de mais um ano, minha mãe. Depois de menos de um ano foi meu filho de pêlo, Dudu. Em quatro anos, tive perda, perda, perda. Fiquei sem chão. Se não fosse pela Sasha, eu estaria muito mal mesmo.”

Publicidade

Escrito Por

Editor-chefe e fundador do Portal do Trono. Advogado, graduado em Direito pela UFCG. Apaixonado por Deus, pela música e pela informação. Um chamado que está sendo atendido, e edificado milhões de vidas no Brasil e no mundo.

Primo do pastor Silas Malafaia, bispo Daniel não resiste e morre de Covid-19

Padre planejava fazer missa para “queimar máscaras” mas morre de Covid-19 em SP