in

Flordelis não comparece para instalar sua tornozeleira eletrônica

A deputada gospel Flordelis (PSD) ainda não se apresentou à Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (SEAP) para instalar a tornozeleira eletrônica que a justiça determinou que monitorasse a parlamentar na última sexta-feira (18).

Publicidade

O TJ-RJ enviou notificação para os advogados de Flordelis, mas ainda não obteve confirmação de recebimento.

Flordelis está proibida de sair de casa das 23h as 6h, e deve usar a tornozeleira eletrônica para ser monitorada. A decisão usou por base o fato de que ela quase nunca é encontrada em casa, ou em seu gabinete parlamentar, para receber intimações.

Publicidade

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) havia pedido também o afastamento de Flordelis de suas atividades na Câmara dos Deputados, mas o juiz da 3ª Vara Criminal de Niterói (RJ) considerou que apenas o parlamento tem a prerrogativa de decidir pelo afastamento ou não da deputada de suas atividades.

Nesta quarta-feira (23), Flordelis deverá ser ouvida pela Corregedoria-Geral da Câmara dos Deputados, em um processo administrativo aberto contra ela que pode resultar na cassação de seu mandato, por quebra de decoro parlamentar, o que poderia ensejar sua prisão, segundo o MP-RJ.

A deputadas da bancada feminina, Flordelis disse na semana passada que é inocente, e pediu apoio para continuar seu mandato: “Está acontecendo comigo agora uma violência muito grande contra mim por ser deputada federal. Aconteceu um crime na minha casa e eu não cometi tal crime . As acusações contra mim não têm nada a ver, são acusações absurdas “, disse Flordelis. “Queria pedir o apoio das mulheres, que me apoiem, que me ajudem. Eu vou conseguir provar minha inocência. Eu sou inocente”, afirmou.

Publicidade

Publicidade

Arquidiocese do Rio veta clipe de Anitta no Cristo Redentor: ‘Incondizente’

Igreja Deus é Amor suspende pastor que agrediu esposa ao vivo