in

Justin Bieber deixa igreja Hillsong após seu pastor ser expulso por adultério

O cantor Justin Bieber decidiu sedesligar da igreja Hillsong, após Carl Lentz, seu pastor e mentor espiritual, ser demitido do cargo, em decorrência de um caso extraconjugal que manteve.

Publicidade

Um artigo de Roger Friedman para o site ShowBiz441 afirma: “Bieber, que canta e reclama sobre estar sozinho, e tem uma música chamada “Holy” na qual ele explora as crenças cristãs para vender discos, está promovendo uma nova “igreja””.

Segundo o autor, a igreja chama Churchome e é administrada por outro antigo amigo pastor do artista, Judah Smith. Eles se conhecem desde 2005, por meio da mãe do cantor. Foi ele, inclusive quem apresentou Bieber a Lentz.

Publicidade

Sobre a organização, a Marie Claire afirma: “A receita total da igreja no ano passado foi de cerca de US$ 20 milhões; $ 18,5 milhões desse valor vieram dos “dízimos”, tradicionalmente um décimo da renda e das ofertas dos congregados”.

O artigo ainda afirma que, como o Churchome é uma organização sem fins lucrativos, é isenta de imposto de renda federal. Nos últimos dias, Justin Bieber chegou a falar publicamente sobre a igreja.

“Como todos vocês já sabem, sou um cara de Jesus. O que você pode não saber é que não sou um homem religioso. Eu sigo os ensinamentos de Jesus e acredito que ele é o Messias. Há muitas coisas que vi nas igrejas das quais discordo veementemente. Postura de julgamento, exclusão, ódio, tudo em nome do Cristianismo“, disse.

E continuou: “Eu não quero fazer parte disso. O que eu quero é amar e parecer com Jesus e mostrar às pessoas seu milagroso poder de cura. Se você estiver interessado em aprender mais sobre Jesus e seus modos extraordinários, visite o aplicativo Churchome gratuitamente na App Store“.

Publicidade

O fundador da igreja, Brian Houston, anunciou a rescisão do pastor em uma declaração.

Obtida pela revista People, a mensagem dizia: “Hoje, a Igreja Hillsong informou à nossa congregação que encerramos o cargo do pastor Carl Lentz. Esta ação não foi tomada levianamente e foi feita no melhor interesse de todos, incluindo o pastor Carl”.

“Agradecemos aos pastores Carl e [sua esposa] Laura pela maneira como eles serviram fiel e sacrificialmente desde o início da Hillsong em Nova York e por contribuírem de forma significativa para as incontáveis ​​vidas que foram transformadas para Jesus Cristo por meio deste ministério”, disse.

O pastor Carl Lentz admitiu o adultério publicamente, e pediu perdão à esposa, amigos da igreja e familiares. Ele afirmou que está disposto a recuperar seu casamento.

Publicidade

Escrito Por

Editor-chefe e fundador do Portal do Trono. Advogado, graduado em Direito pela UFCG. Apaixonado por Deus, pela música e pela informação. Um chamado que está sendo atendido, e edificado milhões de vidas no Brasil e no mundo.

Defensoria processa Carrefour por racismo e pede R$ 200 milhões de indenização

Luiz Bacci abre o jogo sobre suas preferências e vida íntima após comentário de fã