in

Mulher é presa após enforcar criança dentro de igreja sob ordem de ‘forças malígnas’

Igreja Adventista do Sétimo Dia, do Bairro Jardim Laguna, em Contagem (MG) - Foto: Reprodução

Uma mulher, de 37 anos, foi presa no sábado (13/11), na cidade de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), após tentar matar uma criança de quatro anos. O caso aconteceu dentro de uma igreja evangélica da cidade.

Segundo a Polícia Militar, a mulher entrou na Igreja Adventista do Sétimo Dia (Iasd), no bairro Jardim Laguna, dizendo que queria usar o banheiro, quando tentou atrair duas crianças de quatro e dez anos até um ponto afastado onde os cultos acontecem e começou a estrangular a menina de quatro anos. A garotinha estava na igreja com a família participando do culto.

A criança de dez anos saiu pedindo socorro e as pessoas que estavam no culto. Ao mesmo tempo, fiéis ouviram gritos vindos do banheiro e, quando chegaram ao local, encontraram a criança com marcas de dedos no pescoço. A menina contou às pessoas que havia sido enforcada pela desconhecida.

PRISÃO

A mulher, Aline Gomes de Moraes, foi contida pelos membros da igreja até a chegada da polícia militar. Ela foi presa e encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Contagem. Ela disse aos militares que fez isso pois estaria ouvindo vozes malignas que a mandavam matar uma criança no sábado.

O vendedor John Douglas, de 41 anos, pai da criança de quatro anos, disse que como de costume, foi à igreja no sábado e, no local, as filhas pediram para descer para tomar água e ir ao banheiro, quando, de repente, essa mulher entrou na igreja.

“As minhas duas filhas estavam no banheiro. A maiorzinha, que tem dez anos, conseguiu sair, mas a pequena foi empurrada pela mulher e ela se trancou dentro do banheiro com ela e ali ela tentou enforcar a criança. A minha filha de dez anos conseguiu chamar ajuda rápido. Se ela não tivesse pedido ajuda, com certeza, ela teria algo pior”, contou o pai. Ainda segundo a PM, a criança não teve nenhuma lesão, mas ficou muito assustada.

Escrito Por

Editor-chefe do Portal do Trono. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência.

João Isidório sofreu lesão na coluna, após pular no mar, diz IML

Pastor é acusado de abuso sexual contra cinco menores no Pará