in

Antes de matar os pais, jovem teria pintado símbolos satânicos nas paredes como o número ‘666’

Imagens de dentro do apartamento - Foto: Reprodução/Polícia Civil

No apartamento onde moravam o pastor Paulo Oliveira Cesar e sua esposa Raquel Heringer Cesar, que foram assassinados pelo próprio filho, foram encontradas frases satânicos pintadas nas paredes e portas como o símbolo ‘666’ [veja fotos no final da matéria].

Publicidade

Além disso, diversos símbolos como números e cruzes invertidas também foram encontrados. O assassinato cometido pelo estudante de Medicina Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, chocou a cidade de Vila Velha onde eles moravam. O jovem se matou depois de cometer os crimes.

Segundo a TV Gazeta, a família revelou que o estudante estava passando por “sérios distúrbios mentais” e estava em tratamento psiquiátrico. Durante essa pandemia da Covid-19 ele estaria em tratamento com profissionais qualificados.

Publicidade

Segundo um professor de Ciências da Religião da Ufes ouvido pela TV Gazeta, as imagens remontam a um cenário apocalíptico. “É um quadro de horror, repleto de símbolos notadamente cristãos e religiosos. Imagens de origem apocalíptica, isso é, ‘o mundo está acabando, o diabo já chegou, o juízo está sendo feito’, um cenário de juízo final e desfecho”, disse Edebrande Cavalieri.

Mas, segundo o professor, não é correto dizer que os símbolos remetem a um “ritual satânico”, pois o crime pode ter relação a outros fatores. Por causa disso, deve ser estudado profundamente.

“Como cientista da religião, acredito que merece um estudo aprofundado. Não dá para sair por aí traçando um juízo a respeito do que foi realizado, é banalizar dizer que foi um ritual satânico ou algo assim. A casa da tragédia conta uma história e, minha interpretação, ele estava tendo uma atitude de ‘não há mais tempo, então vamos nos livrar’ e ele faz isso levando o pai, a mãe e a si próprio”, disse Edebrande.

Veja fotos abaixo:

Publicidade
Guilherme Heringer Cesar é suspeito de matar os pais e depois tirar a própria vida em Vila Velha – Foto: Reprodução

Publicidade

Pastor e esposa são mortos a facadas pelo próprio filho de 22 anos

Walkyria Santos chora e lamenta morte do filho: “Deus me ajuda”