in

Pastor é encontrado morto boiando em rio, após três dias desaparecido

Depois de três dias desaparecido, pastor é encontrado morto, boiando em rio - Foto: Campo Grande News

O pastor Valdenei Lopes de Sousa, que estava desaparecido dente segunda-feira (23/08), em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, foi encontrado morto nesta quinta-feira (26/08), no Rio Anhanduí. A família foi avisada e no local, reconheceu que era o corpo do familiar.

Publicidade

Segundo a Polícia Civil, o corpo do pastor, que tinha 28 anos, teria sido encontrado boiando no no Rio Anhanduí, no cruzamento da Avenida Ernesto Geisel com a Rachel de Queiroz, em Campo Grande. Mas, as causas da morte ainda são um mistério para a família e também as autoridades.

Valdenei era conhecido como pastor Júnior Lopes, ou D’Black Bartendeera, e era procurado desde a noite de segunda-feira (23/08), pela família. Segundo informações repassadas a Polícia, o religioso saiu por volta das 19 horas de casa para ir até a igreja Semeando Paz, onde iria se encontrar com outros fiéis em um grupo de orações, mas desapareceu antes de chegar.

Publicidade

Ele teria sido visto usando uma camiseta do São Paulo, calça preta de tecido e chinelo de dedo azul nos arredores do Bairro Aero Rancho, no mesmo local em que foi encontrado. No entanto, foi encontrado morto nesta manhã apenas de cueca.

As equipes da Polícia Civil e da perícia foram ao local. O caso será investigado pelas autoridades policiais.

FAMÍLIA LAMENTA MORTE

“Ele não tinha desavenças com ninguém, não era usuário de drogas e não fumava nem cigarro. Não sei o que aconteceu”, reforçou Avelina, a mãe de Valdenei, enquanto acompanhava o corpo do filho ser retirado do rio.

Apesar de abalada, ela, ainda assim, tentou amparar a nora, que chegou a desmaiar durante o resgate do pastor.

Publicidade
Imagem: Marcos Maluf/Campo Grande News

Publicidade

Cantor gospel Marquinhos Gomes passa por cirurgia de emergência

Thaisa Rahmé, ex-esposa do Pastor Lucas, vai lançar livro sobre divórcio