in

Serial killer Lázaro Barbosa estaria usando o Livro de São Cipriano?

Lázaro Barbosa e o livro de São Cipriano - Imagem: Reprodução

Um dos assuntos que surgiu nos últimos dias a respeito do serial killer Lázaro Barbosa e que dominou nas redes sociais, foi a possibilidade do criminoso estar carregando consigo o livro de São Cipriano. Segundos os internautas, esse livro estaria dando “proteção” ao rapaz diante da intensa busca por parte dos policiais de Goiás e do Distrito Federal.

Publicidade

Lázaro Barbosa, que tem 32 anos, é o homem mais procurado pelas forças policiais, neste momento, em todo o Brasil. Isso porque, o “matador do Distrito Federal”, como é conhecido, cometeu diversos crimes, entre eles, o assassinato de quatro pessoas da mesma família, no município de Ceilândia. O bandido está fugindo da força tarefa montada para prendê-lo há 14 dias.

A polícia já encontrou objetos e itens que indicam que Lázaro Barbosa praticava rituais satânicos. Com a divulgação das imagens, o debate religioso veio à tona, já que muitos acreditam que as ações do criminoso não sejam relacionadas a crenças e religiões. Inclusive, acreditam que ele esteja carregando “O livro de São Cipriano”, com diversos rituais para “fugir” da caça policial, além de cometer crimes.

Publicidade

SOBRE SÃO CIPRIANO

O livro de São Cipriano é uma compilação dos ensinamentos desse mago, trazendo um pouco da história de um dos maiores nomes do ocultismo. De acordo com a lenda popular, São Cipriano teria sido um feiticeiro que se converteu ao cristianismo.

Segundo um resumo sobre o livro disponibilizado no site da Pallas Editora, São Cipriano ganhou fama como o mago mais conhecido do mundo. Nascido no século III, foi introduzido logo cedo na irmandade dos magos e, após uma estadia entre os persas, aprendeu as artes da adivinhação e invocação.

Por volta dos seus 30 anos, São Cipriano vai até a Babilônia, onde encontra a bruxa Évora. Cipriano desenvolve as suas capacidades premonitórias e outras matérias sobre as artes da bruxaria segundo as tradições místicas dos Caldeus.

Diz a lenda que ele conseguia angariar a perdição de muitas belas e jovens mulheres, o que muito agradava aos demônios, que em troca lhe concediam grandes poderes sobrenaturais. Com todo esse poder, Cipriano construiu uma carreira de bruxo com muita fama, produzindo inúmeros feitos que lhe valeram a reputação de grande feiticeiro.

Publicidade

Porém, a fé de uma mulher que resistiu a seus encantos fez com que Cipriano se convertesse ao cristianismo. Ambos morreram por sua fé em 304 a.C. O culto a São Cipriano chegou ao Brasil com os degredados portugueses, perseguidos pela Inquisição. Na memória traziam as fórmulas, orações e magias ciprianas, porém, os primeiros “livros de são Cipriano” chegaram por aqui bem mais tarde. Essas informações estão disponibilizadas no site de vendas da Pallas Editora.

SOBRE O LIVRO

A primeira edição conhecida em português data de 1846, contendo diversos rituais de ocultismo e exorcismo, supostamente magias e “simpatias” (conjurações populares), com múltiplas finalidades, inclusive para o cotidiano. O conteúdo é aparentemente católico, embora profundamente enraizado em bruxaria, e é popular (principalmente no Brasil) entre os praticantes de Quimbanda, Umbanda e Candomblé.

O livro ainda baseia-se em tradições orais relacionadas a adivinhação, feitiços de cura, orações (incluindo alguns para o anjo da guarda), exorcismos, feitiço de amor, os locais de tesouro enterrado em toda Galiza, e às vezes até tratados sobre magnetismo animal.

O livro é vendido por diversas empresas na internet, entre elas a Pallas Editora e Amazon, e o valor pode variar entre R$ 49,00 a R$ 80,00.

O QUE A POLÍCIA DIZ

O secretário de segurança pública, Rodney Miranda, chegou a afirmar que o serial killer possui um pacto para atacar e matar as suas vítimas. A declaração veio depois que a polícia resgatou uma família na tarde da última terça (15), nas margens de um córrego.

“Ele leva para beira do rio, manda tirar as roupas e uns ele acaba matando. Acredito que esse seria o destino dessa família hoje”, disse o secretário.

Publicidade

Uma das pessoas mortas por Lázaro, Cleonice Marques de Andrade, de 43 anos, teria sido vítima de ritual satânico pelo criminoso. A Polícia Civil encontrou mechas de cabelo cortadas e uma orelha arrancada da vítima. Seria parte de um ritual feito às margens de um córrego em Ceilândia, que culminou na morte das outras três pessoas, todas da mesma família.

Publicidade

Escrito Por

Jornalista do Portal do Trono nascido em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Admirador da Rádio, TV e Internet. Contato: (31) 99583-5239.

Ciro Gomes grava vídeo com Bíblia e Constituição: “Não conflitantes”

Ator Fernando Sampaio perde casa em incêndio e mostra Bíblia intacta