in

Silas Malafaia chama Renan Calheiros de “frouxo” após ficar fora do relatório da CPI

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 (CPI), Senador Renan Calheiros (MDB-AL), desistiu de pedir o indiciamento do pastor Silas Malafaia.

A decisão veio após senadores do grupo majoritário da comissão, o G7, se reunirem nesta terça-feira (19/10), para avaliar os nomes. Para eles, o líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) usaria a eventual citação de seu nome no relatório final para seguir uma espécie de “cruzada religiosa” contra a CPI.

Logo após surgirem na imprensa sobre a suposta retirada do seu nome da lista de indiciamento, o pastor foi para as redes sociais nesta quarta-feira (20/10), para chamar o relator da comissão de “frouxo”.

“Grande honra! Se o cretino, inescrupuloso relator da CPI da safadeza, Renan Calheiros, me incriminar no seu relatório, mostra como covarde ele é. Trabalhou para eu não ser convocado. Frouxo! Uma verdadeira desmoralização para o Senado”, disse o pastor.

Após saber que seu nome de fato saiu da relação de indiciados pela CPI, o pastor voltou às redes sociais para ironizar a notícia.

“Poxa! Renan me tirou do relatório final da CPI da safadeza”, escreveu.

 

Escrito Por

Editor-chefe do Portal do Trono. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência.

André Valadão celebra 20 anos de casamento em viagem a Cancún

Cantor gospel é indiciado por dar calote de R$ 300 mil na Gucci, Prada e Burberry