in

Sobe para 19 o número de mulheres vítimas do pastor Alexander Ribeiro

Pastor Alexander Ribeiro - Foto: Reprodução

Subiu para 19 o número de mulheres que denunciaram um pastor da Igreja Pentecostal Portas Abertas, em Belo Horizonte, de abuso sexual. Ele usava a fé das vítimas para praticar os crimes e foi preso pela Polícia Civil na semana passada.

Alexander Ribeiro tem 38 anos e possui mais de 500 mil seguidores nas redes sociais. Ele havia sido preso pela polícia na terça-feira (08), após pregar em sua igreja, na região Centro-sul de BH.

Inicialmente, quatro mulheres tinham registrado boletim de ocorrência contra o religioso, mas com o passar dos dias, outras vítimas procuraram a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher para denunciar o pastor, totalizando 19 vítimas até o momento. A expectativa é que mais vítimas possam procurar a delegacia nos próximos dias.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Cristiana Angelin, Alexander aproveitava da fragilidade das vítimas, na qual enfrentavam problemas familiares e de saúde, para abusar das mesmas.

“Todas as vítimas reportaram que o pastor as levava para uma sala reservada, sem câmeras de segurança. Algumas delas também reportaram que ele levava até o terraço da igreja rezando, apontando para o céu, sendo uma forma de enganar as vítimas. As investigações continuam, com a divulgação da investigação ocorrida anteriormente, as vítimas compareceram à delegacia mais fortes e motivadas a denunciarem. A gente pede que todas procurem a Polícia Civil”, afirmou.

Bispo chama Bolsonaro de “fascista” e pede ajuda a Deus para derrubá-lo

Cantora gospel Lu Alone assume namoro com jogador de futebol