in

Talibã fez sexo com cadáveres, diz mulher que fugiu do Afeganistão

Muskan disse que talibãs praticam necrofilia - Foto: Reprodução

Uma mulher afegã revelou que o grupo terrorista Talibã fizeram sexo com cadáveres. Os talibãs tomaram o poder do Afeganistão e colocaram medo na população local.

Publicidade

A mulher, identificada como Muskan, fugiu do Afeganistão logo após os primeiros dias em que o Talibã tomou a capital do Afeganistão no domingo (18/08). Ela trabalhou para a força policial no país e atualmente está na Índia.

À imprensa na índia, Muskan revelou que o grupo terrorista sequestraram e mataram mulheres por lá. Ale´m disso, acrescentou que eles também se envolveram em necrofilia, a prática de fazer sexo com cadáveres.

Publicidade

“Eles estupram cadáveres também. Eles não se importam se a pessoa está viva ou morta … Você pode imaginar isso?”, disse Muskan ao Portal News18.

Segundo o Portal News 18, Muskan afirmou que ela mesma estava sob ameaça enquanto estava no Afeganistão e teve que deixar seu emprego e fugir do país para sobreviver. Ela acrescentou que as mulheres que trabalham para o governo no país têm grande probabilidade de enfrentar um destino terrível se não fugirem.

As alegações de Muskan surgem poucos dias depois que surgiram relatos de que membros do Taleban atiraram e mataram uma mulher depois que ela saiu em público sem usar burca. Isso aconteceu poucas horas depois que o grupo terrorista islâmico prometeu respeitar os direitos das mulheres.

Publicidade

Publicidade

Escrito Por

Jornalista do Portal do Trono nascido em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Admirador da Rádio, TV e Internet. Contato: (31) 99583-5239.

À justiça, Igreja Universal diz que Andressa Urach age de má-fé

Banda de rock cristã Athos 2 lança o videoclipe “Segunda Chance”