in

Thiago Maia processa Isadora Pompeo e pede R$ 100 mil de indenização

Thiago Maia e Isadora Pompeo se casaram no dia 28 de fevereiro e se separaram pouco mais de um mês depois - Foto: Reprodução

O fim do casamento entre a cantora gospel Isadora Pompeo e Thiago Maia, jogador do Flamengo, promete render ainda mais. Isso porque, o atleta decidiu entrar com uma ação contra sua ex-esposa por danos morais. A informação é do portal Gossip do Dia.

Thiago Maia teria aberto um Boletim de Ocorrência (BO) em Junho deste ano contra um vídeo publicado pela artista gospel em 1º de Junho deste ano. O vídeo em questão foi divulgado por Isadora Pompeo para anunciar o fim do seu casamento com Maia. Na ocasião, a cantora revelou que vivia um relacionamento abusivo e acusou o jogador de ter sido preconceituoso e machista com ela.

Segundo Thiago Maia, Isadora Pompeo tem postado nas redes sociais ofensas e inverdades sobre ele desde o fim do relacionamento entre os dois. Além disso, afirmou que as declarações da ex são prejudiciais para sua carreira de atleta. Ele também fez um pedido solicitando que Isadora não citasse mais seu nome.

De acordo com o Gossip do Dia, Thiago pediu uma indenização de R$ 100 mil por danos morais em um processo aberto por ele em 23 de junho deste ano, quatro semanas após a divulgação do vídeo. Mas, a juíza do caso negou o pedido do jogador do Flamengo de remoção imediata do vídeo, pois não se comprovou o intuito difamatório por parte da cantora.

“No referido vídeo, divulgado pela requerida como ‘Nota de Esclarecimento’, o nome do autor não é mencionado, tampouco sua profissão ou o clube no qual trabalha. Em que pese ambos possuírem alguma projeção na mídia, a associação à pessoa do autor não é imediata, tampouco fica comprovado que a requerida se pronuncia tomada pelo ímpeto difamatório alegado. (…) E bem assim que o vídeo veiculado pela ré mais se assemelha a um ‘desabafo’ a respeito de situação pessoal(…) Não se vislumbra, em cognição sumária, como dito, propósito de difamar ou injuriar, não tendo sido proferidas ofensas diretas à pessoa do autor”, diz trecho da decisão da magistrada.

“No que concerne ao perigo de dano, não obstante o autor afirmar ter sofrido ameaças à sua integridade física em função do referido vídeo, tampouco restou devidamente comprovado, vez que o Boletim de Ocorrência juntado não faz jus a tal demanda”, diz outro trecho da decisão da juíza.

Apesar da derrota, Thiago recorreu à decisão, com um agravo de instrumento, pedindo que um novo juiz revisasse o pedido de tutela. No entanto, o pedido de remoção do vídeo foi negado novamente. O atleta voltou a recorrer da decisão em uma instância superior, e até o momento não há informações do andamento do pedido.

A reportagem do Portal do Trono entrou em contato com a assessoria de Thiago Maia sobre o processo em questão, e até o momento não fomos atendidos.

Publicidade

Escrito Por

Jornalista do Portal do Trono nascido em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Admirador da Rádio, TV e Internet. Contato: (31) 99583-5239.

Anderson Silva: “Se for necessário falte ao culto para salvar sua família”

Samuel Mariano é acusado de arrombar igreja evangélica na Paraíba