in

Vídeo de pastor batendo na esposa viraliza e ele se defende: ‘Deus restaurou’

Após um vídeo no qual um pastor, conhecido como Pastor Nilton, agredir fisicamente sua mulher, Graziela, viralizar nas redes sociais, o casal se pronunciou em gravação nesta quarta-feira (3). As informações são da Marie Claire.

Publicidade

“O fato aconteceu, sim. Mas esse vídeo não é de hoje, foi gravado em 2019. No ano de 2020 o Nilton foi preso e respondeu por (Lei) Maria da Penha por causa dessa agressão”, diz Graziela.

Ela afirma que o casal irá processar quem divulgou as imagens nas redes sociais. “Não sei quem postou, não sei por qual motivo, mas nós já procuramos nossos direitos. Já fizemos a denúncia nas delegacias especializadas e com certeza eles vão acabar descobrindo, vão chegar na pessoa que fez essa postagem e ela vai responder por isso, infelizmente”, continua ela.

Publicidade

Em seguida, o pastor da cidade de Ribeirão das Neves, em Minas Gerais, reclama de “pastores amigos” que estão questionando sua atitude.

“Alguns pastores conhecidos meus, amigos meus, já viram esse vídeo. Os mesmos pastores estão cometendo os mesmos erros questionando o mesmo vídeo”, diz. “O vídeo é antigo. Me arrependi do ocorrido, Deus restaurou o nosso casamento novamente. Quero dizer pra vocês que nosso casamento está como um alicerce, bem fixado”.

Nas imagens que viralizaram, o homem dá vários tapas no rosto da mulher afirmando que ela ficaria “banguela”.

Publicidade

Publicidade

Karol Conká é acusada de assediar Arcrebiano no BBB21 e web pede expulsão

Flordelis aparece como Secretária da Mulher na Câmara dos Deputados