in

Antes da Olimpíada, Rayssa Leal recebeu oração de consagração em sua igreja

Foto: PIB Imperatriz

A medalhista de prata nos jogos olímpicos, a skatista Rayssa Leal, a Fadinha, já está em solo brasileiro. A atleta de 13 anos desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (28).

Publicidade

Maranhense, Rayssa Leal se tornou a atleta brasileira mais jovem a receber uma medalha em Olimpíadas. E sua conquista em Tóquio foi bastante comemorada pelos brasileiros do mundo todo.

A skatista faz questão de dedicar suas vitórias a Deus, e, um fato interessante que aconteceu antes da viagem ao Japão, para disputar uma medalha olímpica na categoria street, a pequena recebeu uma oração de consagração ao lado da sua família, na Igreja Batista de Imperatriz, no Maranhão, que Rayssa e sua família frequentam.

Publicidade

Segundo o pastor da Igreja, Jefferson Dantas, a família de Rayssa sempre pede oração antes que a skatista disputar as competições.

Assim como tem feito em outras competições, a atleta não deixou de agradecer a Deus pela conquista da medalha de prata nos Jogos de Tóquio.

Após sair vitoriosa da pista de skate, na segunda-feira (26/07), ela disse: “Só sei agradecer”. Foi mais um de vários momentos em que tem expressado sua sua fé em Jesus, após as vitórias.

FÉ ME DEUS

No início de 2019, Rayssa Leal competiu no Street League Skateboarding (SLS) Championship em Londres, ficando em terceiro lugar. Naquela ocasião, se mostrou grato e confiante em Jesus: “É preciso saber que tudo tem um tempo certo para acontecer! E que Deus sabe e está no controle de todas as coisas”, disse nas redes sociais na época.

Publicidade

Ainda em julho daquele ano, Rayssa se tornou a skatista mais jovem a ganhar uma etapa do SLS World Tour, com apenas 11 anos. E mais uma vez reconheceu que era uma menina “abençoada”.

“Nada disso seria possível se não fosse Deus, o apoio de meus pais, dos meus apoiadores e patrocinadores”, disse na época. “Eu luto para todos meus sonhos se tornarem realidade, nunca desista dos seus”, completou Rayssa.

No ano passado, a pequena skatista se tornou campeã brasileira de street skate e tornou a glorificar a Deus. “A Deus toda honra, toda glória, todo louvor, toda gratidão e toda adoração”, disse.

Publicidade

Morre aos 101 anos Orlando Drummond, o ‘Seu Peru’ da Escolinha do Professor Raimundo

Pastor Max Lucado testa positivo para a Covid-19