in

Pastor de Tocantins é agredido por policial durante blitz em Goiás

Pastor Rui Abreu - Foto: Reprodução/Facebook

A polícia de Goiás está sendo acusada de agredir um pastor durante uma blitz. Segundo testemunhas e o próprio líder, os militares espancaram o religioso após ser parado na fiscalização.

Rui Abreu, que lidera a Igreja Assembleia de Deus Comadesma, em Lagoa da Confusão, no interior do Tocantins, foi espancado por um policial de Goiás. O caso aconteceu no dia 25 de outubro, mas o caso ganhou repercussão nas redes sociais.

O religioso havia leva um outro pastor com problemas de saúde para receber atendimento médico no estado goiano. Foi quando o militar parou o automóvel questionando sobre a viagem.

“Nós dissemos que estávamos vindo do Tocantins, indo para o Goiás. Foi só isso que dissemos, não dissemos o nome da cidade”, disse Rui Abreu, que concedeu entrevista ao Portal JM Notícia.

De acordo com o pastor, o policial o agrediu com um soco, fez ameaças e gritou palavras de baixo calão. Só depois pediu os documentos e verificou que estava falando com um empresário e pastor evangélico.

“Fomos agredidos! Eu sei que o ser humano é tendente a generalizar, mais nós não vamos generalizar. Ele deu um soco na minha cara, meu óculos voo longe. Quando ele buscou minhas informações no banco de dados ele viu que tinha espancado um pastor, empresário, membro da CGADB, da COMADESMA, um Juiz Arbitral…”, relatou o pastor.

Segundo Abreu, além dele, mais três pessoas presenciaram a cena no carro. Todos ficaram amedrontados pelo policial. “Eles me bateram na frente da minha esposa, do meu vice-presidente, da sua esposa sem nós não reagirmos a nada”, disse Rui Abreu.

De acordo com o pastor, o seu veículo só foi liberado após outros carros começarem a se aproximar da blitz. “Não registrei queixa contra ele, nem fiz exame de corpo de delito”, declarou Abreu que testemunhou o livramento na sua igreja.

Escrito Por

Jornalista do Portal do Trono nascido em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Admirador da Rádio, TV e Internet. Contato: (31) 99583-5239.

MG: Site da ASSPROM fica fora do ar após reabrir inscrições para menor aprendiz

Festa de Deolane teve oração de Renalida e presença de cantores de banda gospel