in

Pastor é preso pela Polícia por contrabando de cigarros no RS

Imagem: Polícia Civil

Um pastor evangélico de Sapucaia do Sul, cidade da Região Metropolitana de Porto Alegre, foi preso em flagrante pela Polícia Civil (PC) nesta terça-feira (21/07), por contrabando de cigarros. O religioso gerenciava um esquema de contrabando de produtos falsificados que vinham do Paraguai, segundo investigação.

Publicidade

A operação da Polícia Civil começou nesta terça-feira (20/07), e se estendeu até a madrugada desta quarta-feira (21/07). Mandados de busca e apreensão foram cumpridos em um pavilhão da cidade onde foram encontradas mais de cem caixas de cigarros de origem paraguaia que não tinham documentação.

Ainda segundo a Polícia, o pastor, que não teve o nome divulgado, estava no local e foi preso em flagrante. Além disso, o religioso foi encaminhado para a DPPA de Canoas, também na Região Metropolitana de Porto Alegre. Segundo o delegado responsável pelo caso, o pastor gerenciava o contrabando de cigarros.

Publicidade

“Ele é um pastor bem atuante e conhecido na cidade, e tinha essa outra função que era gerenciar o contrabando de cigarros. Ele tinha uma posição de poder, era ele quem verificava o andamento das coisas, recebia as remessas que chegavam”, disse o delegado Gabriel Borges, da 1º DP de Sapucaia.

Na operação, ainda, foi apreendido um veículo Fiorino, que era utilizado no transporte das mercadorias. A Polícia Civil informou que o valor estimado das apreensões chega a cerca de R$ 200 mil.

De acordo com a PC, as investigações começaram há cerca de um mês, com denúncias anônimas que indicavam que o pavilhão era usado para guardar produtos de origem ilícita. Além disso, as investigações devem continuar, isso porque, a polícia pretende indicar outras pessoas envolvidas no esquema.

Publicidade

Publicidade

Após viagem a Angola, Hamilton Mourão fala sobre perseguição a religiosos brasileiros

Cantor e tiktoker Nathanael Dutra assina contrato com a Graça Music